sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

LISBOA, SINTRA Y FERNANDO PESSOA

Video para encantar y amar Lisboa por su belleza .
Tétis y Argos asi como todos mis amigos portugueses de FRANCIA y del mundo se sentiran orgullosos.
Sin olvidar que somos todos amantes de las bellas cosas de nuestra peninsula IBERICA.

Lisboa menina e moça



Para continuar viajando por la preciosa peninsula IBERICA y especialmente por Portugal , dejo aqui este video con el poema escrito por FERNANDO PESSOA ( interpretado magistralmente por MARIZA)


Cavaleiro Monge, poema de Fernando Pessoa cantado por Mariza
Es de esos poemas que dejan un huella para siempre. (CABALLERO MONJE)



Do vale à montanha

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por casas, por prados,
Por Quinta e por fonte,
Caminhais aliados.
Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por penhascos pretos,
Atrás e defronte,
Caminhais secretos.
Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por quanto é sem fim,
Sem ninguém que o conte,
Caminhais em mim.


Video clip na Quinta da Regaleira Sintra Portugal ... ( un lugar maravilloso para ir a visitar y conocer..)



Entrada de la quinta escondida entre los árboles.


Vista general del palacio y la quinta




Um abraço amigo
Un abrazo amigo

16 comentários:

  1. Bem-vindo ao Clube de Leitura "Sentir Douro", um projecto que pretende promover os hábitos de leitura e a escrita criativa no Douro Sul.
    Envie as Suas Leituras e os Seus Textos para dourosulacontece@gmail.com
    A publicação estará disponível no Clube Leituras SENTIR DOURO
    http://dourosulacontece.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Três coisas que amo:

    Lisboa
    Sintra
    Fernando Pessoa

    =)

    ResponderEliminar
  3. Amigo Poseidón,

    É claro que eu, Argos e todos os amigos portugueses que visitam este blog ficam orgulhosos e honrados por nos dedicares um post tão repleto de lindos lugares, boa música e nomes lusos famosos como estes que aqui deixaste.

    Mariza é já um ícone da música portuguesa conhecida internacionalmente e este vídeo com a interpretação de "Cavaleiro Monge" do grande Pessoa e as mágicas imagens da Quinta da Regaleira, são um "regalo" para os nossos ouvidos e a nossa vista!...

    E "Lisboa Menina e Moça" do grande poeta Ary dos Santos e de Paulo de Carvalho (cuja voz ouvimos neste vídeo) é uma das muitas canções maravilhosas que existem sobre Lisboa. O vídeo com imagens nocturnas de Lisboa é muito bonito.

    Deixo aqui a letra de "Lisboa Menina e Moça" para que possa ser apreciada.

    Obrigada meu querido amigo, um grande abraço...

    Lisboa Menina e Moça

    No Castelo ponho um cotovelo
    Em Alfama descanso o olhar
    E assim desfaço o novelo
    De azul e mar

    À Ribeira encosto a cabeça
    Almofada da cama do Tejo
    Com lençóis bordados à pressa
    Na cambraia de um beijo

    Lisboa menina e moça, menina
    Da luz que os meus olhos vêem, tão pura
    Teus seios são as colinas, varina
    Pregão que me traz à porta, ternura

    Cidade a ponto luz bordada
    Toalha à beira mar estendida
    Lisboa menina e moça, amada
    Cidade mulher da minha vida

    No Terreiro eu passo por ti
    Mas na Graça, eu vejo-te nua
    Quando um pombo te olha sorri
    És mulher da rua

    E no bairro mais alto do sonho
    Ponho o fado que soube inventar
    Aguardente de vida e medronho
    Que me faz cantar

    Lisboa menina e moça, menina
    Da luz que os meus olhos vêem, tão pura
    Teus seios são as colinas, varina
    Pregão que me traz à porta, ternura

    Cidade a ponto luz bordada
    Toalha à beira mar estendida
    Lisboa menina e moça, amada
    Cidade mulher da minha vida

    Lisboa do meu amor, deitada
    Cidade por minhas mãos despida
    Lisboa menina e moça, amada
    Cidade mulher da minha vida


    (Ary dos Santos)

    ResponderEliminar
  4. Poseidón,

    Como já disse Tétis, estamos todos muito orgulhosos e honrados com o teu post, obrigado!

    Um pequeno contributo…

    TEJO

    Aqui e além em Lisboa – quando vamos
    Com pressa ou distraídos pelas ruas
    Ao virar da esquina de súbito avistamos
    Irisado o Tejo:
    Então se tornam
    Leve o nosso corpo e a alma alada.
    In, Lisboa com seus poetas. 1a ed.
    -Lisboa : Dom Quixote, 2000.

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

    ResponderEliminar
  7. (anulei o outro comentário, por via das gralhas)

    Então...

    Salvé Argos!
    sexo masculino,
    país: Portugal

    Também disse Pessoa: "quem nasce em Portugal, só por destino ou castigo".

    Vim aqui, conhecer(?)...quem me "segue" -(?)

    Por curiosidade...porquê o espanhol?
    O tradutor google ou outro, não resolveria o problema?...não sei... - sugestão, apenas.
    Dei por mim a ler o texto e a dada altura pensei haver continuidade...
    afinal mudava para a língua de nuestros irmanos.

    Ah!...Lisboa, Sintra-Regaleira...Mariza, bálsamos que ficam na pele e que a alma sente...para quem é alfacinha de gema como eu, - agora residindo no Monte da Lua - já cantava com certos trovadores muuuuito antes de Abril...
    (sem quaisquer sintomas de doença vulgarmente chamada "partidarite")

    "Lisboa menina e moça" - recordo...
    era ainda uma jóvem de 30 e tal anos, num aniversário, no Faia, e a convite amistoso do Carlos do Carmo, ouvi ao vivo e a côres, essa canção, ao mesmo tempo que recebia dele um ramo de rosas.
    Jamais esquecerei.

    Quanto a essa foto iluminada...a da antiga casa dos viscondes da Foz, andei por lá perto de 16 anos com algumas interrupções - em comissões exteriores...de serviço.

    Bem vindo, então...

    Sempre...
    Mariz

    ESPAVO! - como em MU

    ResponderEliminar
  8. Pedro Y cristina,
    obrigado por suas palavras lindas.
    podeis venir aqui todas las veces que os guste.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Tétis,
    si, es verdad LISBOA de noche tb es muy bonita.

    Recuerdo en el año 2006, cuando vine a LISBOA ver un show de ROBERTO CARLOS, haber claro asistido a ese espectaculo de RC, asi como a la noche maravillosa y bonita de Lisboa, sobre todo que esa noche TB gano BENFICA en el football y despues celebre eso al restaurante a proximidade de PAVILHAO ATLANTICO

    TODO ERA LINDO EN LISBOA EN ESA NOCHE DEL MES DE MARZO ( con todo eso que dije, mas tb era mi aniversario..

    quien conoce LISBOA termina por amarla..
    UN GRANDE ABRAZO

    ResponderEliminar
  10. Meu amigo Argos,
    obrigado por tuas palavras carinhosas.
    ahhhhhhhhhh!!!!
    Ese rio TAJO tb recorre espanha...
    abraços

    ResponderEliminar
  11. Mariz,
    pues si, mi post fue motivado por eso que dices :

    Ah!...Lisboa, Sintra-Regaleira...Mariza, bálsamos que ficam na pele e que a alma sente...

    isso, eso mismo exactamente!
    obrigado por sua participaçao

    ResponderEliminar
  12. Salvé Mariz!

    Obrigado pelas suas palavras simpáticas e pela energia positiva que deixa transparecer.
    Vou acrescentar um pouquinho mais à resposta do meu amigo Poseidón.
    Porquê as duas línguas?
    Porque este blog é mesmo bilingue, as vezes “trilingue”, ou seja, somos um grupo de três amigos em que um é português, outro é hispano-francês e ainda outro luso-espanhol!
    Eu compreendo que esta forma de escrever pareça um pouco estranha para os “novos visitantes”, mas asseguro-lhe que daqui a uns tempos nem repara e o farol será um local de convívio sadio.

    Mais uma vez obrigado pela sua participação e já sabe que é sempre bem vinda!

    Ia esquecendo:

    Também disse Pessoa: "quem nasce em Portugal, só por destino ou castigo".
    Para mim, viver em Portugal é uma preferência!

    ResponderEliminar
  13. *****

    Poseidon

    Vim agradecer a visita e gentil comentário!
    Muito bom conhecer mais um espaço cultural, que tem brilho e faz brilhar, um verdadeiro Farol chamado Amizade!
    Já virei seguidora! Voltarei.
    Abraço

    Helô

    *****

    ResponderEliminar
  14. Ya puedes imaginar amigo...
    Cuando conocí Lisboa me quedé hechizado... llegue por Setubal... cruzando el puente...
    Y me quede con la boca abierta...

    Fue respirar aquellas calles y encontrarme con Pessoa...

    Sintra...
    Peniche...
    Nazhare...

    Amo ese pais, esa tierra, amo a Pessoa... y el fado... Amalia, Armendoira, Mariza y tantas otras

    un abrazo

    ResponderEliminar
  15. Hola Joan,
    Si, imagino porque para mi fue igual y vi poco (show de roberto carlos en lisboa), tengo que volver por alli , alentejo, algarve, lisboa, etc..
    para disfrutar de esos lugares, pararme por alli un poquito y asi intentar detener el tiempo tan acelerado, es muy probable que tu con tus obras lo hagas perfectamente..

    Tines razon portugal es lindo como lo es el levante que conozco muy bien, por tener familia por ahi.
    vuelve cuando quieras..

    RECIBE UN ABRAZO DE LOS AMIGOS DE ESTE BLOG

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.