quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Um pouco de Geologia...

As raízes da Península Ibérica têm 290 milhões de anos

A Península Ibérica sofreu muitos altos e baixos ao longo da sua história geológica. Uma equipa de investigadores acaba de revelar que há entre 310 e 290 milhões de anos atrás, houve uma série de movimentos das placas tectónicas que alteraram o panorama exterior e interior do território.


Naquela era geológica, no Carbónico, a Península ocupava o centro do que era denominado como o grande continente “Pangea”, o único que existia no planeta. Os movimentos tectónicos destruíram o manto litosférico, que está localizado entre 30 a 150 km de profundidade e levaram à formação de um novo, que é o actualmente existente.

O trabalho, em que os cientistas investiram mais de dois anos, confirma a tese mantida por um dos investigadores, Gabriel Gutiérrez Alonso, da Universidade de Salamanca, que revela a maneira como se formou a cadeia montanhosa conhecida como “Arco Ibero-Armonicano”.


Também explica a origem da grande quantidade de rochas vulcânicas, de granitos e de mineralizações associadas que são a base dos minerais metálicos do noroeste da Península Ibérica.

Para o desenvolvimento desta investigação, os geólogos serviram-se de amostras de rochas vulcânicas que poderiam ter tido a sua origem nesse manto, antes e depois dos 310 e 290 milhões de anos, rochas essas que afloram em alguns pontos da geografia ibérica. “Sabemos que esse é o momento em que se deu o processo de transformação, tanto na superfície como no interior terrestre”, salientou Gutiérrez Alonso.

As amostras das rochas vulcânicas provaram que o manto anterior ao actual formou-se há cerca de 1.000 milhões de anos atrás, enquanto que o que existe agora data de há cerca de 290 milhões de anos e substituiu quase totalmente o anterior.


Segundo estas conclusões, apurou-se que primeiro foi-se dobrando a camada superficial da crosta terrestre (a litosfera), o que mudou a forma da cadeia montanhosa “Arco Ibero-Armoricano” que, de alongada, passou a ter a forma de “ferradura”. Com estes movimentos, a litosfera tornou-se mais espessa e acabou por romper o manto que tinha por baixo. Este foi substituído por materiais do interior da Terra que, ao arrefecerem, formaram a litosfera actual.

Durante os próximos anos, este grupo de investigadores, que integram cientistas da Universidad de Salamanca, da Universidad Complutense, da St. Francis Xavier University do Canadá e da Bryan Mawr de Filadélfia, continuará a testar este modelo através de modelizações analógicas e estudos isotópicos.

Fonte: www.elmundo.es

19 comentários:

  1. Olá Tétis, gostei de ficar sabendo. Um belo trabalho de pesquisa.
    Bjux

    ResponderEliminar
  2. Muy interesante tu entrada.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  3. 310 millones de años.. y nuestra península en formación, menos mal que ahora geologicamente es estable, salvo Andalucía que de vez en cuando se mueve un poco, pero Castilla puro granito es más solida..

    Muy buena entrada querida amiga..

    Un besazo muy fuerte y gracias por este nuevo descubrimiento de nuestros científicos.

    ResponderEliminar
  4. Tétis,
    Que bela lição de Geologia.
    Como sempre, um trabalho extremamente interessante, bem feito, didático.
    Penso ser de acompanhar o estudo destes cientistas.
    E o video, uma delícia.
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  5. Vale a pena vir a este Farol, tal o conhecimento que daqui se leva!
    Interessante ficarmos a saber que nós, ibéricos, já fomos, em tempos idos, o centro do único continente que existia na Terra.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Importante información...Pero ahora la peninsula es más estable...Aunque en algunos sitios se notan algunos movimientossss....Preciosa entrada dedicada a la peninsula...besos de buenas noches...Muakcss!!

    ResponderEliminar
  7. Un texto muy interesante
    un beso corazon

    ResponderEliminar
  8. Tétis,
    amei esse texto.
    Tudo de lindo.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Olham-me com teus olhos as estrelas maiores.
    E como eu te amo, os pinheiros no vento,
    querem cantar o teu nome, com suas folhas de cobre.

    Pablo Neruda

    Amor & Paz no seu dia...M@ria

    ResponderEliminar
  10. A Tétis, sempre a dar-nos a volta à cabeça, com estes Postes...
    Obrigado
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. Preciosa e Simpática Amiga:
    Registei pela sua dedicação escrita fabulosa:
    "...Naquela era geológica, no Carbónico, a Península ocupava o centro do que era denominado como o grande continente “Pangea”, o único que existia no planeta. Os movimentos tectónicos destruíram o manto litosférico, que está localizado entre 30 a 150 km de profundidade e levaram à formação de um novo, que é o actualmente existente..."

    Portugal e Espanha devem-lhe estar gratos por tão extraordinária narração quanto a formação das duas nações de amizade sincera e franca,existentes lado a lado.
    Parabéns. É extraordinária e possui uma visão das origens da Península Ibérica bem retrada e com beleza.
    Os meus sinceros parabéns pela intensa pesquisa maravilhosa e dedicada.
    MUITO OBRIGADO pela ternura expressa no meu blogue que gostei muito.
    Abraço amigo.
    Com respeito e gigantesca estima pelo seu valor literário gigantesco.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Excelente!
    Um Post mais que conseguido.
    Eu, desconhecia as origens da nossa Península.
    MUITO OBRIGADO pela partilha do seu terno saber.
    Fantástica.
    Perfeita dissertação de sonho.
    Fiquei totalmente esclarecido.
    Parabéns pela atitude.
    Adorei, amiga linda.

    ResponderEliminar
  12. Querida Tetis, importante información, me encanto tu entrada.

    ...._.............-"--._
    .../..\......../....____\
    ...||.\\...../.../`
    ...||..\\._|...'.``'- Tetis..Poseidón..Argos
    ...|.\_.\\.`.........6.\
    ....\_..........6...._...'-.=............---'|}
    .....|.._.............\.).....|........../....../}}
    ......\/.......=.\......;_.'/........=\.---'`\}
    ......|.............`--`__.;---.//`..'----./'
    ........'..____....-'`..........`|hola!!!
    ........_/..............__.--.__/pase para
    ......-'................-'....|....||. dejarles
    ....-/................/......|.....\\. un saludito.
    {...|.............../_...../.......\|.que Dios
    ..`-\.................`\--;`..los bendiga
    .....'-..................|....|BESITOS..
    ........).............../.._/.que tengan un buen
    ......./...........__.'...'--,.Fin de semana!!!
    .......(...........'--..____))).GRACIAS
    ...____)))Por estar, con todo cariño!!
    ………………Noemi………………

    ResponderEliminar
  13. Querida Tétis
    Gostei muito desta "aula" de Geologia.
    Parabéns à senhora professora :)
    Vendo bem, a Terra é tão velhinha!
    Quando estava a ler lembrei-me do livro de José Saramago - Jangada de Pedra, de que gostei imenso.

    Muito obrigada pelos parabéns à «CASA», e não só...

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Buenas noches Tatis
    Gracias por tu visita, ando ahogada con tan poco tiempo y tantísimos seguidores para esta pobre monja que ya no sabe de donde quitar horas.
    Es que ya necesito una secretaria jaja!!!Bueno, el buen humor nadie me lo quita.
    Es interesante tu artículo, la verdad es que vivo despreocupada del estado de península, y te doy gracias por hacerme venir a tu casa, he aprendido algo más.
    Gracias
    Te dejo mi abrazo de ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderEliminar
  15. Obrigada aos 14 "alunos" que tão atentamente acompanharam esta "aula de Geología"!...

    Passaram todos com excelente = sobresaliente!...

    Para os "faltosos ibéricos", aqui fica o post para o caso de quererem saber um pouco mais sobre a terra que pisam!...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Muy pero de verdad muy interesante. gracias por compartirlo.

    Un abrazo
    Saludos fraternos..

    Que pases un bello fin de semana..

    ResponderEliminar
  17. Ex.ma Srª Professora Tétis

    No horário, a minha aula de Geologia está marcada para o dia 18 de Fevereiro, ás 16 horas!
    Em protesto pela falta injustificada, enceto uma greve até que me seja concedida uma audiência com vossa excelência.

    Os meus cumprimentos,

    Argos.

    ( e um abraço grande, grande :)

    ResponderEliminar
  18. Hola Tetis; Que buena entrada.Lo que se aprende en este blog y despues de 300 millones de años estamos en esta pénisula estupenda. Saludos cariñosos.

    ResponderEliminar
  19. Ex.ma Srª Professora Tétis,

    Pido disculpas por llegar el ultimo..

    Tal vez sea mejor que me de una lección particular, prometo aprender todo sobre la peninsula Iberica.

    Muchas gracias por su atención..

    Bisous ma tendre et précieuse amie.

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.