sábado, 18 de setembro de 2010

Ilusão Perdida


Florida ilusão que em mim deixaste
a lentidão duma inquietude
vibrando em meu sentir tu juntaste
todos os sonhos da minha juventude.

Depois dum amargor tu afastaste-te,
e a princípio não percebi. Tu partiras
tal como chegaste uma tarde
para alentar meu coração mergulhado

na profundidade dum desencanto.
Depois perfumaste-te com meu pranto,
fiz-te doçura do meu coração,

agora tens aridez de nó,
um novo desencanto, árvore nua
que amanhã se tornará germinação.

Pablo Neruda, in “Cadernos de Temuco”

18 comentários:

  1. Después de la oscuridad, siempre amanece y, siempre, tras una ilusión perdida, cuando menos se espera, vuelve a renacer una nueva ilusión.
    Todo en la vida es, un renacimiento.
    Besos, María.

    ResponderEliminar
  2. O ciclo do amor, da Vida.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  3. Bonjour mon ami,

    "La vie est faite d'illusions.
    Parmi ces illusions, certaines réussissent. Ce sont elles qui constituent la réalité."

    Um abraço grande

    ResponderEliminar
  4. Hola caro amigo..

    NO TE CONFUNDAS...

    EL PRIVILEGIO

    EL PLACER

    DE RECIBIR UN ACROSTICO

    ES MIO.

    Por mi parte ilusionada lo pongo en mi lado derecho, el del corazón, pero el lujo es para mi, que un amigo me haga algo tan hermoso y bello.

    Por eso te agradezco muiiiiiitoooo

    Besos

    ResponderEliminar
  5. Muy bella la posia llena de inquietudes,
    es un placer pasar a leerte.

    Que tengas una feliz semana.
    un abrazo.

    ResponderEliminar
  6. Estimado e Poeta Amigo:
    Esta "Ilusão Perdida" é uma luz de esperança. Um foco intenso e poderoso. Transcendente de uma admirável sentir e ser.
    Fascinante.
    Parabéns. Uma enormidade de sensibilidade sua.
    Abraço amigo de imenso respeito pela sua significação poética sublime.
    Com respeito.
    Sempre a admirá-lo

    pena

    Bem-Haja, notável poeta.
    Fantástico.
    Adorei a sua escrita divinal.

    ResponderEliminar
  7. Bello poema.
    Gracias por tus comentarios en mi blog.

    Besos

    ResponderEliminar
  8. Olá Argos,

    excelente escolha do poeta Pablo Neruda. Gosto muito dos seus versos.
    Espero que estejas bem e que o poema não corresponda ao teu estado de ânimo.

    Hoje está um dia lindo!

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  9. Parabéns a todos os amigos pelas belas postagens realizadas!

    Constatei em meu Blog que Portugal é o país que mais me visita depois do Brasil. Pensando assim, o Blog Música do Brasil prestou uma homenagem a esse povo em torno de um de seus cantores mais ilustres: Roberto Leal, o Roberto de cá!

    Amanhã, dia 21/09, com citações também da nossa amiga desse Farol, Paula.

    Blog Música do Brasil
    www.everaldofarias.blogspot.com

    Aguardo, se possível, a visita de todos!

    ResponderEliminar
  10. Amo a Neruda, además porque es de mi bella tierra, su recuerdo está, en el mar, en cielo, en cada hoja de Otoño y en cada flor de la Primavera.
    Besos para ti
    mar

    ResponderEliminar
  11. Lembrar é fácil para quem tem memória,
    esquecer é difícil para quem tem coração.

    (William Shakespeare)

    Uma semana abençoada e Feliz!! M@ria

    ResponderEliminar
  12. Olá amigo Argos

    De regresso dumas curtas férias deparo-me com o grande e genial Neruda.

    Óptima a escolha do poeta e do poema. Que mais se poderá dizer de Neruda que já não tivesse sido dito?

    Como meu contributo para homenagear o poeta, deixo aqui um pequeno extracto dum poema de que muito gosto:

    Dos amantes dichosos no tienen fin ni muerte,
    nacen y mueren muchas veces mientras viven,
    tienen la eternidad de la naturaleza.


    Um enorme abraço

    ResponderEliminar
  13. Naveguemos docemente
    Sob o clarão do luar;
    suspire o vento nos juncos,
    ponha-se a água a cantar...

    Mihai Eminescu

    Feliz Semana !Beijo-te o coração! M@ria

    ResponderEliminar
  14. Ilusão
    s. f.
    1. Engano dos sentidos ou pensamento.
    2. O que se nos afigura ser o que não é.
    3. Quimera.
    4. Esperança irrealizável.

    Sendo assim, não devíamos sofrer muito por uma ilusão perdida!
    Mas sofremos, porque temos sempre a esperança que essa ilusão se transforme em realidade. Vã expectativa!

    Abraço grande e o meu muito obrigado a todos os amigos que aqui vieram expressar as suas opiniões e deixar o seu carinho.

    Outro abraço grande!

    ResponderEliminar
  15. Há sempre um amanhã. Tão simples como isso!
    Abraço, Amigo.

    ResponderEliminar
  16. "Não, não pergunte nada.
    Pense apenas que,
    se um anjo bateu exatamente à sua porta
    nesta época do ano,
    e se tão exato entrou
    e sentou à sua frente,
    ninguém melhor do que ele saberá,
    com exatidão,
    o que fazer. Então espere!"

    Caio Fernando Abreu

    Boa Noite e beijos perfumados prá ti! M@ria

    ResponderEliminar
  17. Muito bela tua poesia e teu espaço enriquecido de belas melodias.
    Adorei visitar-te.
    abraço

    da amiga
    natalia nuno

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.