quinta-feira, 3 de junho de 2010

Água-Marinha


Retomando a série “Gemas-Cristais-Minerais…”, quero hoje convosco partilhar alguma informação e bonitas imagens de uma gema bem conhecida, de rara beleza e muito do agrado sobretudo das mulheres:

Água-Marinha
A Água-Marinha é uma variedade transparente e límpida de berilo de cor azul esverdeada, muito utilizada como jóia (gema). Aparece, geralmente, em pegmatitos em associação com rochas graníticas.

Ocorre geralmente em grandes cristais, sendo o seu valor baseado na cor e clareza. A variedade de cores, que vai do azul pálido ao turquesa e até verde, depende da maior ou menor quantidade de ferro presente na estrutura do cristal.
Existem 35 tonalidades de azul, classificadas como cores de Água-Marinha. O azul mais valioso é o de tom escuro e profundo, com boa transparência e brilho. As suas inclusões típicas são canais finos, onde a luz pode reflectir-se na cor branca.

O nome Água-Marinha é devido à sua cor e vem do latim “Acqua Marinae” que significa “água do mar”.

A Água-Marinha é uma gema muito antiga cujas propriedades e utilização são conhecidas desde há séculos.

Conhecida como a “pedra da coragem”, os Romanos acreditavam que a figura de um sapo esculpida numa Água-Marinha facilitava a amizade entre inimigos.

O azul pálido da Água-Marinha assemelha-se à cor que o mar apresenta quando nele se reflecte um céu sem nuvens.

Os marinheiros de antigamente, sobretudo os Gregos e os Romanos, levavam cristais de Água-Marinha para as suas viagens de barco para os proteger dos perigos do oceano. Acreditavam também que os corpos das sereias eram feitos de Água-Marinha. Até hoje, permanece como a pedra de protecção dos marinheiros.
Na mitologia a Água-Marinha é consagrada ao deus Neptuno. É considerada um presente de Neptuno às sereias e outros seres do mar. Dizia-se que as ninfas transportavam as Águas-Marinhas nas costas dos cavalos marinhos.

No Antigo Egipto eram colocadas Águas-Marinhas nos túmulos para ajudarem as almas na sua caminhada depois da morte.

Os hindus usavam a Água-Marinha para conseguirem a clareza mental.

Os árabes apreciavam a Água-Marinha como símbolo da alegria que proporcionava ao seu portador paz, alegria e felicidade.

Na Idade Média a Água-Marinha era usada como instrumento de adivinhação. Acreditava-se também que podia curar intoxicações e envenenamentos e por isso a realeza europeia utilizava-a frequentemente como antídoto.

Foi na China, no século XIX, que se começaram a esculpir pequenas figuras em Águas-Marinhas.

O azul da Água-Marinha simboliza a felicidade e a juventude. Esta pedra parece ter capturado a cor do oceano e os poderes revigoradores da água. Segundo a lenda a sua origem é a arca do tesouro das sereias e ganha poderes quando imersa em água que o Sol bateu. A tradição diz que ela garante um casamento feliz e faz do seu proprietário uma pessoa rica. Considerada o talismã dos marinheiros, também se atribui a esta gema o poder de estimular a actividade intelectual e fortalecer a auto-consciência.

Como símbolo da pureza, acredita-se que é uma pedra de extrema sensibilidade que deverá ser presenteada à noiva pelo noivo no dia do casamento, pela convicção de que unirá as suas almas e conservará o amor. É também símbolo da constante felicidade, tranquilidade, saúde, esperança e juventude. Atrai a boa sorte, proporciona a harmonia e aumenta a coragem, a sabedoria e o talento de quem a usa.

A Água-Marinha, considerada também como símbolo da felicidade e juventude eterna, é conhecida por "reacender" o amor em casais ou fazer com que a pessoa que a usa se livre de toda a maldade existente no mundo.

É uma das gemas mais conhecidas e que se distingue pelas suas muitas qualidades e poderes místicos. Foi desde sempre usada não apenas como adorno mas também pelas suas propriedades curativas. Era utilizada pelos antigos homens da medicina não só para curar como para afastar os maus espíritos.

Acredita-se que a Água-Marinha tem propriedades curativas. Cura especialmente as doenças das vias respiratórias, tais como asma, bronquite e doenças dos pulmões, as doenças dos olhos, as perturbações glandulares, as dores do pescoço, dos dentes e dos membros. Outra das suas propriedades é proporcionar tranquilidade, pelo que, colocada por baixo da almofada, acalma os nervos e propicia um sono calmo e repousante. A Água-Marinha proporciona ainda paz, alegria e felicidade nos relacionamentos com os outros.

Mas esta pedra magnífica apresenta muitas mais propriedades. É a pedra dos videntes e místicos, pelo que é excelente para a meditação, proporcionando clareza de espírito e um sentimento de paz e de serenidade. Sendo considerada a pedra da clareza, penetra de forma muito regeneradora e rejuvenescedora na aura e na alma. Durante a meditação deve conservar-se uma Água-Marinha nas mãos de forma a sentir-se a sua textura. A energia poderá deste modo fluir mais facilmente e os efeitos espirituais far-se-ão sentir de forma mais rápida.

A Água-Marinha é uma das pedras mais utilizadas em joalharia, sobretudo associada com o ouro e a prata. O seu preço aumenta com a intensidade da cor. Usa-se em qualquer época do ano e fica bem em todos os tons de pele.





Algumas das mais preciosas espécies de Água-Marinha são provenientes de Madagáscar e da Rússia (Urais e Sibéria). Contudo, as maiores jazidas encontram-se na África do Sul e no Brasil (Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo), que é um dos maiores produtores do mundo. É encontrada ainda noutros países como o Sri Lanka, Zâmbia, Quénia, Moçambique, Paquistão, Afganistão, Malavi, Tanzânia e Estados Unidos da América.
A Água-Marinha é a pedra dos nascidos no mês de Março. Os tons azul e verde desta pedra anunciam a chegada da Primavera, o tempo das flores. A Água-Marinha verde evoca o dia de São Patrício (Saint Patrick’s Day), um dos padroeiros da Irlanda cujo dia é comemorado a 17 de Março, dia este em que as pessoas têm por hábito vestirem-se de verde. Está também ainda associada aos meses de Setembro, Outubro e Novembro.
A Água-Marinha está ligada aos planetas Lua e Vénus e aos que comemoram o seu aniversário nos dias 19. No zodíaco está associada sobretudo aos signos Carneiro e Peixes, embora também tenha relação com Gémeos, Escorpião e Aquário.

É uma pedra que deve ser usada, para sua protecção, pelos dentistas, actores, cantores, jornalistas, mergulhadores, secretárias, telefonistas e terapeutas alternativos.



23 comentários:

  1. Belas pedras. Desejo a todos um bom dia, bom feriado, beijos ;)
    http://arslitterayelizus.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Queridos,que bela ideia tiveram e que bela escolha.
    Pedras belíssimas,de tons suaves,puros,"gentis".
    Invento palavras,"caso-as" em várias situações...e sou feliz.
    Beijoo.
    isa.

    ResponderEliminar
  3. Eu também aprecio e fico deslumbrado
    com o seu trabalho.Sem exaustiva nas
    pesquisas.....
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Preciosa Amiga Linda:
    Penso que a pedra de azul marinho que conseguiu demonstrar com o seu encanto, fê-lo de forma enorme e sublime perante tanta profundidade e significação.
    Excelente Post onde revela uma pesquisa notável e extraordinária.
    Beijinhos amigos de parabéns sinceros ao seu talento.
    Adorei.
    Bem-Haja, amiga imprescindível gigante.
    Sempre a admirá-la.

    pena

    Perfeita.
    MUITO OBRIGADO pela amizade.

    ResponderEliminar
  5. Olá Tétis
    Sou apaixonada por pedras, cristais e afins :)
    A água marinha é a pedra (uma das) do meu signo - Balança.
    Há uns anos fiz um PPS sobre pedras, suas características e potencialidades que lhes são atribuidas.
    Talvez por isso gostei imenso da tua postagem.

    Resto de dia feliz
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Linda e cara rsrsrsrs.
    Um ótimo fim de semana
    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Mi querida amiga Tétis,

    este post es una hermosa y preciosa joya cómo lo eres tú.

    dices :

    "A Água-Marinha :
    No zodíaco está associada sobretudo aos signos Carneiro e Peixes, "

    - os signos issos são o teu e o meu, que causualidad, verdad!

    beijos, besos, bisous ma tendre amie.

    ResponderEliminar
  8. Para encontrar o azul eu uso pássaros.
    Só não desejo cair em sensatez.
    Não quero a boa razão das coisas.
    Quero o feitiço das palavras.

    (Manoel de Barros)


    Saudações Poéticas...Saudades...M@ria

    ResponderEliminar
  9. "Os meus olhos
    contemplam
    a luz dos teus,
    que ilumina
    a minha alma!"

    MAURICIO FREYESLEBEN

    Amor & Paz na sua noite...M@ria

    ResponderEliminar
  10. Que lindo Tétis...me encantei com essa sua postagem....adoro esse assunto...a minha pedra é Ametista...lindo demais!!

    Um beijo e ótimo dia!

    Reggina Moon

    ResponderEliminar
  11. Pedras maravilhooooooooooosas,tuuuuuuuudo há ver comigo rs.
    Linda e maravilhosa postagem.
    Beijokas milllllllllllllll

    ResponderEliminar
  12. Bello spot de piedras preciosas, paso para visitarte y saludarte y desearte un bonito y feliz fin de semana.
    Besos y abrazos de una amiga Lola.

    ResponderEliminar
  13. Es una piedra, realmente, preciosa... (vaya juego de palabras ;))

    Su azul es maravilloso...

    Saludos...

    Buen fin de semana.

    ResponderEliminar
  14. Hola...!

    Sabes...? Mi blog cuenta ya con un año...! Y para la ocasión he escrito algo que también es para ti... y, de paso, puedes ver que hay un sello que puedes llevar, si así lo quieres... Pues, como su nombre lo indica, sirve para "sellar" este vínculo que nos ha unido en este tiempo transcurrido...., eso me encantaría..., y haría completo este festejo y mi alegría...!
    O si no..., te regalo una flor de Ceibo que es la flor de mi país: Argentina.

    Gracias por tu presencia...!

    Saludos,

    SERGIO

    ResponderEliminar
  15. Tétis


    Dia da Criança.


    Deveria ser só para que as crianças nesse dia tivessem um dia totalmente de dicado a brincadeiras e divertimemtos.
    Mas...Esse dia é para RELEMBRAR os direitos das crianças e alertar para o que o mundo faz às nossas crianças...

    Eu não me canso de escrever e gritar esta desigualdade...
    Pouco ou nada se consegue..
    Mas pelo menos espero que se pense no assunto...

    Esta desigualdade dói
    muito...

    estou a melhorar...

    Conto estar na feira do livro do Porto dia 19 às 17,30.para uma sessão de autógrafos do meu livro Sporting em Poesia adorava ter- presente num momento bem importante para mim os meus amigos...

    um beijo

    ResponderEliminar
  16. Me gusta el agua marina, es más tengo un par de ellas en forma de anillo o pendientes.
    Sin embargo, no conocía la simbología que tiene el mineral.
    Gracias como siempre por la lección.
    Biquiños y buen fin de semana os deseo a los tres.

    ResponderEliminar
  17. De todas as flores que colhemos nos campos, a Amizade é o único sentimento que os ventos podem soprar, mas, suas pétalas jamais cairão

    Bia Cogan

    Feliz Sábado....Abraço! M@ria

    ResponderEliminar
  18. Nossa! Que pedra mais linda!!! Depois do lilás é o azul que amo. E essa pedra é deslumbrante.
    Beijos na alma!

    ResponderEliminar
  19. Hola.... vengo algo retrasada pero por mi tierra... es el Corpus... ahí es na...

    Me dan mucha alegría tus comentarios en mi blog, Sr.Poseidon.

    Este artículo es increíblemente bello, en todos los sentidos.. por enterarme de lo que sentían los Griegos y romanos cuando viajaban con esas piedras, lo que hacían con ellas en la Edad Media, etc..

    Segundo por que es un placer para la vista y el deseo femenino este tipo de piedras tan bellas y sugerentes..

    y tercero por que son del tono que a mi mas me gusta el azul...

    ... Un besazo Poseidon... seguro que en tu mar tienes muchas de estas piedras de agua..

    ResponderEliminar
  20. Olá amiga Tétis

    Mais um post executado com mestria, aliás como costumam ser todos os da tua autoria!
    Fiquei a conhecer algumas qualidades(?)sobre a água-marinha que eu desconhecia, até hoje só a admirava pela sua beleza, pelas cores e brilho.

    Posso acrescentar umas palavrinhas ao comentário que o Poseidón te deixou? Julgo que ele não se zanga!
    aqui vai:
    "- os signos issos são o teu e o meu, que causualidad, verdad!"
    Amigo Jean não sei se é casualidade, mas...o signo também é meu! :)

    Abraço muito grande

    ResponderEliminar
  21. Querida Tétis,
    Mais uma belissima viagem através de uma gema, desta vez a Água-Marinha.
    35 variedade de tons? Nunca pensei que a variedade fosse tão grande.
    Só fiquei tristinha com uma coisa: Não pertencer ao grupo profissional que as deve usar. Sortudos!...
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  22. Queridos amigos

    Tenho estado ausente do blog e daí a minha demora em vir aqui agradecer os vossos lindos e gentis comentários a este meu post.

    Por falta de tempo, agradeço-vos "colectivamente" mas não sem mencionar o nome de cada um de vós, enviando-vos também um grande abraço e um amistoso beijinho.

    O meu muito obrigada a:
    Suziley, Isa, Andrade, Pena, Mariazita, Wanderley, Poseidón, M@ria, Reggina, Pérola, Lili, Meri, Argos e Teresa.

    Muchas gracias a:
    Criss, Estrella del Mar, Mar, Sergio, Fonsilleda y Estrela Altair.

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.