sexta-feira, 11 de maio de 2012

Acontece na Patagónia


Lago da Patagónia chilena esvazia-se 'do dia para a noite'

Os cientistas estudam um curioso fenómeno que ocorre em alguns lagos da Patagónia chilena e que, este ano, aconteceu, por duas vezes, no lago Cachet 2, localizado a quase dois mil quilómetros da capital chilena. Literalmente do dia para a noite, em menos de 48 horas, o lago que alberga 200 milhões de metros cúbicos de água, esvaziou-se e perdeu os seus 31 metros de altura de água.

O processo de esvaziamento começou no sábado de 31 de Março, cerca das 23h locais, e terminou 48 horas depois, deixando o lago completamente vazio, o que se reflectiu no aumento dos caudais do rio Baker e afluentes. De acordo com o espanhol El Mundo, no rio Colonia, o caudal triplicou, aumentando 1.100 metros cúbicos por segundo.



Explicação científica


«Tal como tem acontecido nos últimos anos, o lago esvazia-se de forma cíclica, de forma que para nós é um fenómeno relativamente esperado», explica o director geral do instituto chileno das Águas».

Apesar de ser um fenómeno esperado pelas autoridades e cientistas, a verdade é que ser trata de um acontecimento natural, mas relativamente recente. A direcção Geral das Águas explica que o fenómeno, que teve lugar pela primeira vez em 2008, se está a tornar mais frequente.

Esta é a décima primeira vez que o esvaziamento do Cachet 2 tem lugar e as causas, apesar de ainda não serem de todo claras, são atribuídas pelos cientistas ao aquecimento global.

Para já, este fenómeno é conhecido entre a comunidade científica como GLOF (Glacial Lake Outburst Flood, em tradução livre: 'cheia repentina de lago glaciar') e designa essa espécie de 'tsunami fluvial' provocado por uma quebra do gelo do glaciar próximo do lago.

O que acontece em Cachet ,de forma cíclica, será, suspeitam os cientistas, provocado pelo calor excessivo que as mudanças climáticas provocam sobre o Glaciar Colonia. Sobreaquecido, o glaciar abrirá rachas que, ao cederam com a pressão da água, abrem um túnel através do qual, em poucas horas, flui praticamente toda a água do lago.


Fonte:  Sol.Sapo.pt

10 comentários:

  1. Noooooooooossa, que coisa interessante... Valeu ver e ler! abração,chica e um lindo fds!

    ResponderEliminar
  2. MUITO INTERESSANTE....A Natureza, deslumbra-nos a cada
    instante...Assustador também....
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Querida Tétis

    Fantástico! Amiga, obrigada por nos trazer aqui esta informação. Na natureza há acontecimentos que nos deixam pasmados. O pior é se realmente se dever ao aquecimento global...

    Beijos

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. Impresionante, gracias por compartir amigos.
    Abrazos de Luz.

    ResponderEliminar
  5. Olá Tétis,

    Um curioso fenómeno e um aviso!
    Mas será que o homem compreende?

    Abraço grande

    P.S. Por vezes um fenómeno muito parecido com este acontece na nossa alma, já tinhas reparado?

    Outro abraço

    ResponderEliminar
  6. O amor de mãe é perfume de rosas e toque de veludo...a memória eterna de momentos de ternura...um suave colo e uma doce recordação que para sempre viverá dentro do coração de quem elas mais amaram...os seres que são a carne da sua carne.

    FELIZ DIA DA MÃE

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar


  7. Es toda una motivación pasar a saludarte aunque no nos veamos. Solamente se encuentran y dialogan fluidamente los textos de nuestros sentimientos.

    Lo que nos une día a día sin tener en cuenta el tiempo ni la distancia que nos puedan separar, sin causarnos alejamiento alguno. Siendo una inmensa satisfacción saber que tú estas ahí y que escuchas el susurro de las palabras haciendo que sea aun más bello y poético el aliento de nuestra amistad.

    Un beso hecho suspiro

    Y un abrazo hecho zafiro

    Con mi afecto para ti

    María del Carmen


    ResponderEliminar
  8. Ma chère amie,

    La nature détient en elle des phénomènes encore impossible a comprendre par l’être humain..

    Merci de partager cette information avec nous.

    Bisous tendre et très belle semaine.

    ResponderEliminar
  9. Olá,Tétis!!

    Que fenômeno interessante.Nunca tinha visto,nada parecido.
    Deve ser impressionante e ao mesmo tempo assustador assisti-lo!
    Mas uma coisa é certa.A Terra, precisa de cuidados.A natureza precisa ser preservada.A desmatação,a poluição está afetando tudo.
    Beijos,querida!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  10. Tétis, querida amiga
    Começo por dizer-te que lamento imenso que te encontres adoentada (ou doente?). A saúde é um bem precioso, que ninguém pode garantir não perder dum momento para o outro. Assim aconteceu com o meu marido, uma pessoa tão saudável, que, de repente adoeceu gravemente. O futuro a Deus pertence, é claro, mas as perspectivas não são famosas...
    Pois, minha amiga, desejo que rapidamente te recuperes - a saúde e a consequente boa disposição.

    Este post é muito interessante. Desconhecia este fenómeno. A Mãe Natureza está a chamar a nossa atenção, mas o Homem muitas vezes ignora-a...

    Com votos de melhoras, beijinhos e carinho

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.