segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Hoje, o convidado do Farol é...


Lusofonia Poética


O nosso convidado de hoje é o blog Lusofonia Poética, da amiga Mara, de Brusque, Brasil.



“Lusofonia Poética” define-se como “um espaço para publicação de música e de poesia de poetas da Língua Portuguesa” e também como “o encontro do mesmo idioma, mas de cores variadas.”

De facto, neste blog, podemos apreciar poesia e música em língua portuguesa com a tonalidade do pôr-do-sol africano – Angola, Cabo Verde, Guiné, Moçambique e São Tomé e Príncipe, com o colorido alegre das praias do Brasil, com o azul infinito que rodeia Timor e com o verde característico do clima ameno de Portugal.

De destacar, também, a belíssima imagem de “sabor” tropical que nos saúda, em jeito de boas vindas, no inicio da página da “Lusofonia Poética”.

Todo este “cantinho” reflecte a essência da sua autora, uma professora do signo Balança, que se define através das palavras de T. S. Eliot:

“ A poesia não é uma liberação de emoção, mas um libertar-se da emoção. A poesia não é uma expressão da personalidade, mas um libertar-se da personalidade. Mas só os que têm personalidade e emoções sabem o que significa querer se libertar destas coisas.”

Pelas características acima descritas, desafiamos todos os que têm personalidade e emoções a conhecerem este lugar tão especial!


À Mara atribuímos este Diploma de Mérito pelo importante papel que o seu blog desempenha na blogosfera.


21 comentários:

  1. Parabéns ao Farol, por continuarem a vossa simpática iniciativa....
    Parabéns à Mara, pela coragem e ideia que nenhum português teve, de elevar tão alto a nossa língua.......
    Uma autêntica LUSOFONIA poética...
    Um Beijo Mara e um Abraço a toda a
    equipa do FAROL.

    ResponderEliminar
  2. Amigos!
    Que agradável supresa! Não encontro palavras para descrever a alegria que sinto por tão bela homenagem.Hoje, meu dia ficou mais feliz.
    Muito obrigada pelo carinho e prestígio a mim ao meu “Cantinho Lusófono”.
    Sou uma apaixonada pela vida,pelas pessoas, pela poesia e pelas letras e principalmente, pela Língua Portuguesa.
    Deixo o meu carinho e o meu agradecimento a vocês nos versos de Waldin Lima e Oldney Lopes

    SONETO À LÍNGUA PORTUGUESA

    Havia luz pela amplidão suspensa
    no azul do céu, vergéis e coqueirais...
    e o Lácio, com fulgores divinais,
    abrigava de uma virgem a presença...
    Era um castelo de ouro, amor e crença,
    que igual não houve, nem haverá jamais...
    Onde os poetas encontraram ideais
    na poesia nova, n'alegria imensa...

    A virgem era a Língua portuguesa,
    a mais formosa e divinal princesa,
    vivendo nos vergéis de suave aroma!

    Donzela meiga que, deixando o Lácio,
    abandona os umbrais do seu palácio,
    para ser de um povo o glorioso idioma!...

    Waldin de Lima

    A língua portuguesa que amo tanto
    Que canto enquanto encanto-me ao ouvi-la
    Em cada canto é fala, é riso, é pranto
    E nada há que a cale e que a repila.

    É essa língua tórrida e faceira
    Inebriante e meiga e doce e audaz
    Que envolve e enleia a gente brasileira
    E quem a utiliza é quem a faz.

    É a língua dos domingos, no barzinho
    A mesma das segundas, no escritório
    A que fala o andrajoso, no caminho
    E o cientista, no laboratório.
    ...
    Não há no mundo lei, nem haverá:
    Quem faz da fala língua, é quem a fala
    Gramática nenhuma a calará
    Gramático nenhum irá cegá-la!

    Oldney Lopes

    Muito obrigada!
    Um beijo carinhoso desta apaixonada pela Língua Portuguesa.

    Mara Regina Debrassi

    ResponderEliminar
  3. Linda homenagem.Vou conhecer por lá! abraços.chica

    ResponderEliminar
  4. Parabéns pela escolha.
    A homenageada é uma amiga querida e uma maravilhosa poetisa.
    Tem ainda o bom gosto de saber apreciar a minha poetisa de eleição, não só por ser a minha melhor amiga, mas principalmente pelo seu valor.
    Falo de Maria José Areal, que a Mara também tanto gosta.

    Hoje entrei em sua casa por uma boa causa.
    Espero voltar muitas vezes.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Parabéns ao blog homenageado, e ao foral por esse gesto tão simpático para com seu seguidores.
    Bjux

    ResponderEliminar
  6. Olá!!!! A luz do Farol hoje está ainda mais brilhante!
    Uma bela e merecida homenagem a Queria amiga Mara! SOu seguidora de carteirinha do blog dela!! rsrs
    Adoro os poemas que ela seleciona para nos brindar a cada dia...além das imagens maravilhosas que sempre acompanham os poemas que eu adoro!
    Parabéns ao blog Farol da Amizade que eu ainda não conhecia, mas que agora estarei seguindo!
    Um grande abraço a minha querida amiga Mara!
    Rosana
    http://rosanasouzanasasasdoanjoazul.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Uma linda homenagem a Mara e o Lusofania. Mara é merecedora de todas as homenagens pela dedicação a poesia e pela pessoa amiga que é.Parabéns.

    ResponderEliminar
  8. Lindissima homenagem ao cantinho maravilhoso “Lusofonia Poética“, que eu tanto gosto de visitar. Parabéns pela vossa iniciativa tão simpática e gentil. Um grande beijinho para a equipa do Farol e para a amiga Mara.
    Boa semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  9. O Farol é um condutor motivador, parabéns! Passei para prestigiar o blog "Lusofonia Poética". Você merece Mara, o seu trabalho é esplêndido!!

    ResponderEliminar
  10. Parabéns a Mara,uma grande poetisa e merecedora dessa homenagem. Um beijo Abraço a equipe do Farol e um beijo a Mara. Um ótimo começo de semana!

    Smareis

    ResponderEliminar
  11. O blog 'Lusofonia Poética', da Mara, é dos blogs com um papel de divulgação mais importante que conheço.É um autêntico Banco de Poesia, dedicado a todo o espaço lusófono. Como sua seguidora e apreciadora do excelente trabalho desenvolvido, apoio com muito apreço esta homenagem, merecidíssima. Parabéns à Querida Mara e também a este 'Farol chamado Amizade'.

    Abraço

    Olinda

    Olinda

    ResponderEliminar
  12. A Mara merece esta linda homenagem.Parabéns pela iniciativa e muitos parabéns á homenageada.

    Bem hajam.

    ResponderEliminar
  13. Fico feliz por ver homenageado um dos meus blogs favoritos. Lá, conheci muitos poetas que nem sabia que existiam. A Mara merece, sem dúvida, esta homenagem.

    Abraço

    Runa

    ResponderEliminar
  14. Parabéns Mara........Parabéns Brasil
    Parabéns amigos do Farol.
    Amo Vocesssssssssssssssssssss
    .
    Tua presença é constante
    a saudade permanente;
    vejo-te nas estrelas
    sinto a tua luz...

    Marisa de Medeiros

    Amor & Paz prá voce! M@ria

    ResponderEliminar
  15. Um Diploma bem atribuído, com mérito para a convidada e para o Farol que, com a sua luz, descobre cantinhos abertos aos usos e costumes da nossa língua, tão diversificada e rica de tonalidades e expressões que correm o mundo inteiro.
    Parabens à MARA e um beijo enorme à equipa do Farol.
    Graça

    ResponderEliminar
  16. Meus queridos

    Uma homenagem linda e muito merecida...a Mara merece pelo que faz em prol da poesia.
    Os meus parabéns e deixo um beijinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  17. Ouça com o coração quando quase lhe parecer silêncio: é o meu amor falando baixinho só pra não acordar o seu medo de amar...

    Ana Jácomo

    Beijos poéticos....M@ria

    ResponderEliminar
  18. A todos os amigos que aqui se uniram nesta pequena homenagem à amiga Mara, o nosso sincero obrigado.

    Abraço de toda a equipa do Farol

    Tétis Poseidón e Argos

    ResponderEliminar
  19. Amigos, eu mais uma vez, agradeço com carinho a Homenagem recebida.
    Muito gentil da parte de vocês.
    Beijo e meus sinceros agradecimentos.
    Carinhosamente,
    Mara

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.