sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Enquanto a Chuva Escorrer


Enquanto a chuva
Escorrer da minha vidraça
E furar o telhado
Daquele farrapo de homem que além passa
Enquanto o pão
Não entrar com justiça
Lado a lado
Mão a mão
Nem Jesus vem
Andar pelos caminhos onde outros vão
Um dia
Quando for Natal
(E já não for Dezembro)
E o mundo for o espaço
Onde cabe
Um só abraço
Então
Jesus virá
E será
À flor de tudo
O redentor
Universal
(Quando o homem quiser
Será Natal)

Manuel Sérgio (Entre o Nevoeiro da Serra, Lisboa , 1961)

24 comentários:

  1. Bonito e infelizmente pleno de actualidade!
    ... Quando for Natal (e já não for Dezembro). É preciso acreditar todos os dias. É preciso fazer acontecer em cada detalhe!
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Sempre a realidade que cada ano nos pesa mais na consciência.

    Os anos passaram e o poema está mais que actual!

    bj

    ResponderEliminar
  3. Besos y abrazos mil, para los tres amigos de Amizade.
    Gracias por vuestra generosidad y amistad sincera.
    Mi abrazo grande con mi cariño.
    Vuestra amiga, Carmendy

    ResponderEliminar
  4. Gracias por traernos este bello poema, Argos.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  5. Pleno de actualidad y ojalá ese " quando o homen quiser será Natal", se convirtiera en una realidad que nos abrazara a todos.
    Entretanto dejo mis mejores deseos para vosotros tres.
    Con todo mi afecto.

    ResponderEliminar
  6. .

    . venho por ora desejar um santo e feliz natal extensível a todos os familiares e amigos que te sejam essência ao peito .

    .

    . e um ano de 2011 próspero em todos os objectivos a que te proponhas .

    .

    . com amizade,,, .

    .

    . paulo .

    .

    ResponderEliminar
  7. Olá amigo Argos,

    Apesar de escrito em 1961, continua tão actual!
    Que pena meu amigo que, nesta época, continuemos a olhar mais para o superfluo e menos para o essencial...

    Um beijo enorme para ti, para a Tétis e para Poseidón...

    ResponderEliminar
  8. Hola Argos,

    sí... bello poema que es el retrato de la realidad...

    Te deseo Feliz Navidad...

    Saludos argentinos,

    Sergio.

    ResponderEliminar
  9. En estas fiestas tan entrañables,
    en las que vivimos la ilusión y
    recordamos a los que ya no están,
    con mis mejores deseos de felicidad
    deseo pases una feliz Navidad,
    junto a tus familiares y amigos.

    ¡¡FELIZ NAVIDAD!!

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  10. ♥ Olá, amigo!♫
    ♫♥ Quando o homem quiser... então será Natal... será que algum dia ele vai querer?!...
    ♫♫ Beijinhos. ♥♫
    ♫♥ Brasil
    ♫♫♫♥

    ResponderEliminar
  11. Não podias ter escolhido melhor.
    Natal? Só quando for para todos!
    Abraço, A migo.

    ResponderEliminar
  12. " Guardo-te num terno entardecer
    Que vejo da janela do meu coração.
    Os ventos trazem teu perfume.
    O silêncio ...
    Uma saudade que não cala. "

    ( Bruno de Paula )

    Feliz Domingo....Beijos meus! M@ria

    ResponderEliminar
  13. Querido amigo

    Quando o homem quiser Será Natal

    Será que esse dia, esse momento ainda virá?
    Será que nos tempos que correm ainda poderemos esperar que chegue o "verdadeiro" Natal?

    "A esperança é a última coisa a morrer!..." - Será???

    Parabéns por nos trazeres Manuel Sérgio e este lindíssimo poema.

    Um enorme abraço

    ResponderEliminar
  14. Bello poema, acorde a la época Argos. Gracias por traerlo.
    Un abrazo y felices fiestas

    ResponderEliminar
  15. Será???Será que as conjecturas da Tétis
    estão certas????...
    Talvez quando for Natal fora de època...
    Bom Natal
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Amigo Argos,

    eso mismo, ojalá la NAVIDAD sea y llegue a todos facilmente un dia cuando el hombre quisiera...

    La realidad es otra para muchos..

    Tiempos dificiles se avecinan..

    No en tanto mi deseos es que tengamos :
    - Fe, paz, amor, felicidad, prosperidad en esta Navidad y las que vengan.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  17. Buenas tardes,
    permíteme un paseo por tu sitio.

    ResponderEliminar
  18. Argos meu amor, eu amei esse poema.
    Ele é simplesmente lindo!
    Obrigada pela visita, amei.
    Feliz Natal meu amigo querido, para vocês todos desta linda casa.
    Com carinho.

    Fernanda.

    ResponderEliminar
  19. Olá Argos
    Lhe desejo , juntamente com sua família, Um Feliz Natal e um 2011 cheio de realizações.
    Bjux

    ResponderEliminar
  20. Excelente como sempre!
    Passei para desejar a si e a todos os seus familiares e amigos, um Feliz Natal, repleto de alegria, saúde, paz e amor.

    “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (desconhecido)

    Beijinhos
    Maria e familia

    ResponderEliminar
  21. Sem alterações,
    o mundo continua a ser apenas de alguns e o Natal continua a ser uma utopia!

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  22. A todos os amigos desejo um próspero 2011 e que este Natal esteja a correr pelo melhor.

    Muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  23. Argos
    Peço desculpa de só agora aqui vir agradecer a visita - pensei que se esquecesse do caminho para lá..afinal enganei-me.

    Depois de ter passado por tdos aqueles vídeos patéticos e perfumes condizentes, apelando ao consumismo e publicidade gratuita, chegar aqui ao seu cantinho e ler a forma como sente o Natal, mesmo que atrevés doutro autor, é um puro bálsamo. Também sou da opinião que só quando na terra souberem dar as mãos Jesus retornará.
    E vou-lhe dar um exemplo flagrante do que por aqui em loucos bites transformados em blogs se passa. Até há uns 3 dias coloquei na faixa esquerda do meu blog uma notinha a dedicar a musica que se ouvia aos meus netos e a todas as crianças de pessoas amigas inclusive das que não mais passaram por lá. E como desde há muito não as contactava, tive a coragem e a boa fé de lhes dizer 1 a 1 o que lhes tinha dedicado, até porque referi nomes no blog. Pois olhe que não recebi um único sinal positivo bem pelo contrário...
    como pode ver por este e outros gestos que Jesus não pode chegar e penso por outro lado igualmente
    quando vier já isto está um perfeito caos onde só se aproveitarão os tais 144.000 como vem escrito, como sendo os eleitos!

    Espero que o novo Ano seja de Brilho total!

    Abraço meu de sempre
    Mariz

    ResponderEliminar
  24. Estava à procura deste poema de que só me lembrava parte e foi assim que cheguei aqui. Estive a ler posts mais recentes e vou passar a seguir.
    Gábi

    ResponderEliminar

Cada comentário a este post é mais um Facho de Luz que nos ilumina.
Mas, se apenas quiser assinalar a sua presença, dar-nos um recadinho ou dizer-nos um simples “olá”, poderá também fazê-lo no nosso Mural de Recados.
A equipa do Farol agradece o vosso carinho e Amizade.